Home
Sobre o Projeto
Qui, 25 de Setembro de 2014 05:36

A presente proposta constitui a continuidade e a ampliação das atividades do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Células-Tronco e Terapia Celular, um dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia criados pelo CNPq/FAPESP em 2008. Naquela oportunidade, propusemos o desenvolvimento de um extenso programa de pesquisas básicas e clínicas para entender, isolar, cultivar e usar terapeuticamente, tanto em modelos animais como em humanos, as células-tronco somáticas e pluripotentes. Aquele programa de pesquisa também previa o estudo de células-tronco neoplásicas, em particular as associadas às leucemias e aos linfomas. Considerando a evolução do conhecimento científico sobre as células-tronco neoplásicas que culminaram na proposta de um novo modelo de oncogênese (1, 2) segundo o qual existem múltiplas subpopulações de células-tronco tumorais (CTTs) que exibem maior ou menor dominância na massa tumoral ao longo da evolução da doença, decidimos nesta proposta isolar, cultivar e caracterizar células tumorais individuais (single cell analysis) e estudar o microambiente tumoral com o objetivo de melhor compreender os mecanismos intrínsecos e extrínsecos que levam a gênese do câncer. Adicionalmente, pretendemos realizar um grande esforço para o desenvolvimento de terapias inovadoras contra o câncer, incluindo a imunoterapia e a nanomedicina, que deverão originar estudos pré-clínicos e clínicos em uma variada gama de neoplasias. Para executar este ambicioso plano de pesquisa, reunimos especialistas e instituições com comprovada experiência científica nas áreas envolvidas: biologia celular e molecular, genética, imunologia, hematologia, oncologia, biologia de sistemas e bioinformática, química de proteínas, engenharia química e de materiais e veterinária. A participação dos pesquisadores principais (PIs) e colaboradores será feita de forma integrada e complementar, fruto do entendimento de que o câncer é um problema complexo que somente poderá ser abordado eficientemente de forma multidisciplinar. O melhor argumento em nosso favor para assegurar que seremos capazes de levar à frente este projeto de forma bem sucedida é demonstrarmos o que fizemos e estamos fazendo no momento. Onze dos quinze PIs do presente projeto participaram do projeto anterior (INCTC- Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Células-tronco e Terapia Celular), bem como do CEPID-FAPESP (CTC – Centro de Terapia Celular). A produção científica destes pesquisadores no tema “terapia celular”, durante o período de execução do projeto (2009-2014) foi de mais de 470 artigos publicados em revistas indexadas o que representa um acréscimo de mais de 50% quando comparado ao período de cinco anos anterior ao INCTC; foram publicados ainda sete livros, 11 capítulos de livros e depositadas 17 patentes. Foram concluídas 66 dissertações de mestrado, 72 teses de doutorado e 34 pós-doutorados. Também foram concedidas, com recursos do projeto, 28 bolsas de pós-doc júnior, 59 bolsas de Desenvolvimento Técnico Industrial (DTI), 19 bolsas de Apoio Técnico e 20 bolsas de IC. As bolsas concedidas durante o andamento do projeto foram essenciais para o êxito das propostas. É importante enfatizar que sem estas bolsas o projeto não teria sido bem sucedido. A presente proposta reúne 15 PIs, de sete instituições, com expressiva produção acadêmica, destacando-se a publicação de 1358 artigos em revistas indexadas com 14.084 citações e índice h de 56. Texto retirado do projeto de formação do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Células-tronco e Terapia Celular no Câncer (INCTC) enviado ao CNPq.


Para ler o projeto completo, escolha a versão Português ou Inglês.